10 aventuras fascinantes para fazer no Brasil
10/07/2018

10 aventuras fascinantes para fazer no Brasil

1. Prancha VIP – Fernando de Noronha

Melhor passeio para quem quer unir paisagens paradisíacas com muita emoção e aventura, a prancha VIP consiste de um “mergulho à reboque”, onde você é puxado pelo barco em uma prancha submersa em até quatro metros de profundidade (podendo ter visibilidade de até cinquenta metros de profundidade graças ao mar extremamente cristalino de Fernando de Noronha) para observar de perto a rica vida marinha que existe nesse exótico arquipélago, como diversas espécies de peixes, tartarugas, arraias e muito mais. Para ficar ainda melhor, o passeio também inclui uma parada para um delicioso churrasco que será aproveitado com uma vista espetacular de todo esse cenário que só Fernando de Noronha pode proporcionar – não é à toa que o passeio é “VIP”! No entanto, vale ressaltar que há algumas restrições para praticar a atividade, principalmente para crianças com menos de dez anos de idade.


Foto: Papo de Turista

 Confira os pacotes para Fernando de Noronha aqui



2. Voo do Gavião – Chapada dos Veadeiros

Uma das maiores tirolesas do Brasil – são 850 metros de extensão, 100 metros de altura e uma velocidade que chega a 55km/h –, o Voo do Gavião, como é chamado por abrigar uma grande quantidade de Gaviões-Carcarás que existem nessa região da Fazenda São Bento, na Chapada dos Veadeiros, é uma das atividades de aventura mais divertidas e procuradas para fazer, pois é liberado para pessoas de todas as idades, além de garantir uma visão panorâmica de alguns dos principais atrativos desse belíssimo lugar (como do Morro da Baleia, da Serra Almécegas, da Serra da Boa Vista, entre tantos outros), enquanto lhe dá a sensação de estar voando. Além disso, a Fazenda São Bento também abriga outras atrações muito famosas da Chapada dos Veadeiros que você pode conhecer após fazer o passeio da tirolesa, como as Cachoeiras de Almécegas.



 Confira os pacotes para a Chapada dos Veadeiros aqui



3. Rapel – Cataratas do Iguaçu

Uma maneira muito fascinante, única e, é claro, emocionante de curtir as imponentes Cataratas do Iguaçu, o rapel possui uma descida de 55 metros de altura, onde você ficará suspenso com o auxílio das cordas – mas não se preocupe, pois a atividade é extremamente segura e será acompanhada por guias – até chegar no rio abaixo (e, se quiser, é possível fazer um passeio de rafting logo em seguida). Com esse passeio, você poderá ter uma visão de tirar o fôlego das famosas cataratas e de tudo ao seu redor em um cenário incrível e inesquecível, e é permitido para todos os praticantes, iniciantes ou experientes, exceto por crianças com menos de sete anos de idade.


Foto: Ziga da Zuca

4. Flutuação no Poço Azul – Chapada Diamantina

Um dos principais atrativos da exuberante Chapada Diamantina e também um dos mais famosos passeios, uma vez que dá a sensação de paz e tranquilidade em meio a um cenário simplesmente esplêndido e pode ser feito por todos, sem restrições, a flutuação no Poço Azul é feito com coletes e máscara de snorkel para que você possa observar com total claridade até 40 metros de profundidade em suas águas extremamente cristalinas e de tons azuis hipnotizantes. Se possível, opte por fazer o passeio entre 8 de Fevereiro a 20 de Outubro, quando ocorre o fenômeno de incidência dos raios de luz diretamente nas águas do poço e torna toda essa paisagem ainda mais encantadora.



 Confira os pacotes para a Chapada Diamantina aqui



5. Rafting no Jalapão

Atividade de aventura muito popular no Jalapão (e considerado ainda um dos melhores passeios de rafting do Brasil), é um desafio muito divertido, mas extremamente seguro, realizado nas corredeiras do Rio Novo em um bote inflável que desce um trecho de até seis quilômetros de extensão e percorre durante o trajeto paisagens espetaculares e clássicas dessa região, como as chapadas, os altos bancos de areias alaranjadas, as “praias” e as cachoeiras. No entanto, esse passeio não é indicado para iniciantes por possuir corredeiras mais fortes – neste caso, há a opção de praticar o rafting de nível mais fácil ou moderado no Rio Sono, um trecho mais tranquilo e cujo passeio tem mais tempo de duração.


Foto: Valdemir Cunha 

 Confira os pacotes para o Jalapão aqui



6. Voo de Asa Delta – Rio de Janeiro

Não é à toa que o Rio de Janeiro recebeu o apelido de “Cidade Maravilhosa” – com tantas belezas naturais, o que não falta por lá são paisagens de tirar o fôlego, e não há melhor e mais incrível forma de admirá-las do que com uma ampla vista panorâmica através do voo de asa delta. Visto lá do alto, os clássicos cenários cariocas se tornam ainda mais bonitos e especiais, sem contar que a sensação de estar voando é libertador e uma experiência que você jamais esquecerá! No entanto, é importante saber que, para voar de asa delta com segurança e conforto, deve-se ter idade mínima de 16 anos e peso máximo de 110kg.


Foto: Eliane Kobayakawa 

 Confira os pacotes para o Rio de Janeiro aqui



7. Mega Tirolesa – Pedra Bela

Conhecida também como a maior tirolesa do Brasil, a “mega tirolesa”, que foi instalada na pequena cidade de Pedra Bela, no interior de São Paulo, atinge quase dois mil metros de extensão, uma velocidade de 107 km/h e pode durar até um minuto e meio de pura emoção, o que garante uma deliciosa sensação de estar voando livremente – é por isso, inclusive, que é o passeio mais famoso da região. É também uma excelente opção de viagem de um dia tanto com amigos, entre casais ou com a família, pois é uma atividade liberada para todos – as únicas restrições são a idade mínima de três anos e peso máximo de 150kg.



 Confira os pacotes para Pedra Bela aqui



8. Passeio de Buggy – Natal

Um dos cenários mais clássicos e cartão-postal de Natal são suas altas dunas de areias branquinhas e fofas que se estendem por quilômetros e quilômetros até se perderem de vista. Por este motivo, e também por formarem uma paisagem exótica e paradisíaca que garantem muita diversão, o passeio de buggy (veículos que percorrem dunas móveis e fixas da capital de Rio Grande do Norte) é um dos mais populares entre os turistas, pois passa por belíssimas praias da região para que você possa conhecê-la a fundo e mergulhar e se refrescar nas lagoas de águas doces e cristalinas. O passeio é liberado para todos – até mesmo crianças – e você pode inclusive escolher a opção de ir com emoção ou sem (sendo que, com emoção, a velocidade e adrenalina aumentam para quem prefere uma pitada extra de aventura).


Foto: josep

9. Voo de Balão – Boituva

Um dos melhores locais para praticar balonismo e outras atividades de voos livres no estado de São Paulo e até mesmo no Brasil é Boituva, principalmente porque, por lá, pode-se ter belíssimas paisagens naturais enquanto você sobrevoa por cidades, campos e rios a 500 metros acima do solo e chega até a tocar a copa de árvores, como é no caso do passeio de balão, um dos mais procurados por quem procura uma aventura incrível que proporciona não só uma verdadeira sensação de estar voando como também muita segurança durante toda a atividade. O balão alcança alturas de até 250 metros e você irá ficar sobrevoando por cerca de uma hora para que tenha a oportunidade de admirar a vista panorâmica começando logo ao nascer do sol, de maneira a ter uma visão ainda mais espetacular quando estiver lá em cima. Pessoas de todas idades podem fazer esse passeio – as únicas restrições são com peso, sendo que deve-se ter um peso máximo de 140kg.



 Confira os pacotes para Boituva aqui



10. Mergulho de Cilindro na Lagoa Misteriosa – Bonito

Todos já ouvimos falar que Bonito, no estado do Mato Grosso do Sul, realmente faz jus ao nome que tem, e não é à toa que é conhecido como um dos maiores destinos de ecoturismo de todo o Brasil. Mas mesmo com todas suas atrações fascinantes, um dos passeios mais imperdíveis e que turista nenhum pode deixar de fazer é o mergulho de cilindro na Lagoa Misteriosa, que se trata de um poço de águas cristalinas e azuis que é simplesmente hipnotizante. Para fazer o mergulho, deve-se ter idade mínima de oito anos e máxima de 65 anos, além de ser proibido para mulheres grávidas a partir de 20 semanas e pessoas com problemas cardíacos, pois será necessário usar o cilindro para respirar e mergulhar até 18 metros de profundidade.


Foto: majiedqasem

Flavio Nodomi

Praticante de mergulho autônomo, trekking e escalada. Amante de fotografia, viagem e natureza, já viajou para diversos países e cidades brasileiras registrando em fotos alguns dos cenários naturais mais bonitos do mundo.