Ilha de Páscoa: Como chegar e onde fica
18/09/2018

Ilha de Páscoa: Como chegar e onde fica

Foto da Capa: Roberto Maureira Larraguibel


Um lugar extremamente fascinante e exótico, repleto de mistérios e lendas, a Ilha da Páscoa é considerada uma das ilhas mais isoladas do mundo e, apesar de ficar na Polinésia Oriental e estar localizada no Oceano Atlântico, a três mil quilômetros de distância da costa chilena, ela é, ainda assim, um território que pertence ao Chile. No entanto, graças a esse isolamento e sua localização tão remota, o destino é, até hoje, um dos mais enigmáticos que existem no planeta e possui centenas de segredos e histórias que atraem e fascinam tantos turistas.


Moais - Foto: Arian Zwegers

Um perfeito exemplo de seu mistério é justamente o cartão-postal da Ilha de Páscoa: os moais, as famosas estátuas de pedra vulcânica que possuem formatos de cabeças com rostos e podem medir até dez metros de altura e pesar mais de 80 toneladas. Esses gigantes de pedra ficam espalhados por toda a ilha, de costas para o mar, e emolduram um dos cenários mais emblemáticos e impressionantes – e é aí que está o grande mistério, pois ninguém sabe ao certo como ou o porquê foram construídos e erguidos desta forma.


Foto: Jay Leal

Além dos enigmáticos moais, a Ilha de Páscoa também abriga imponentes vulcões, como o Rano Kau e o Rano Raraku, que possuem lagoas em suas crateras e descortinam paisagens realmente espetaculares; cavernas com pinturas rupestres que fazem de sua história e suas lendas ainda mais interessantes; a aldeia cerimonial de Orongo, um sítio arqueológico onde você pode ver como viviam os Rapa Nui (nativos da Ilha) antes da chegada do homem branco; e Hangoa Roa, a “capital” da Ilha que, na verdade, é apenas uma vila com um pequeno centro de poucas ruas, mas que conta com lojas, restaurantes, hotéis, mercados etc.


Cratera do vulcão Rano Kau - Foto: Carlos Reusser Monsalvez

Inclusive, é em Hangoa Roa que existe o aeroporto local da Ilha da Páscoa, portanto, ao desembarcar, fica fácil de chegar ao seu hotel e aproveitar para passear pelo centro, experimentar gastronomia regional ou encontrar pequenas agências que oferecem os melhores passeios.

Por pertencer ao Chile, a melhor maneira de chegar até a Ilha da Páscoa é via Santiago – rota mais utilizada principalmente para quem sai do Brasil –, mas, como é um lugar isolado de tudo, você terá que pegar mais um voo de cinco horas a partir da capital chilena para finalmente pousar na ilha. Para isso, será necessário pegar um voo com a LATAM, que é a única empresa que opera linhas para a Ilha de Páscoa.



Também vale lembrar que, desde Agosto, foi criada uma restrição que agora proíbe a permanência na ilha por mais de trinta dias corridos (com exceção apenas de residentes e seus parentes próximos, funcionários públicos e/ou contratados para atividades no local e pesquisadores), com o intuito de preservar e proteger toda a sua riqueza natural, cultural e histórica. Portanto, se você pretende ir ou já está de viagem marcada, será necessário preencher um formulário no aeroporto antes do embarque e apresentar juntamente com a passagem de retorno e um comprovante de hospedagem.

Silas Barbi

Praticante de trekking, escalada, mergulho livre e profissional de marketing por formação. Acredita em mundo com menos rotina e mais aventura. Suas duas paixões são o Brasil e a Natureza e não é por acaso que o seu principal objetivo de vida é levar as pessoas para conhecer as belezas naturais do Brasil.