Do barro a arte no Vale do Jequitinhonha - Turismo Comunitário - 5 dias

Próxima saída:

22/07/2018 08:00

Origem:

Montes Claros - MG

Destino:

Vale do Jequitinhonha - MG

Duração:

6 dias

A partir de
R$ 2.654,00
por pessoa
  • Principais informações

    • Preço:
      A partir de R$ 2.654,00 por pessoa
    • Horários de saída:
      08:00
    • Local de saída:
      Montes Claros - MG
    • Avaliação:
    • Nível de dificuldade:
    • Próxima saída:
      22/07/2018 08:00
  • Avaliações

    • Helena
    • Rita
  • Como funciona

    • Preencha o formulário com seus dados, número de participantes e uma opção de data
    • Clique em "Quero saber mais" para enviar as informações
    • Entraremos em contato para esclarecer dúvidas e informar a disponibilidade
    • Sem dúvidas? Receba um link de pagamento com opção de parcelamento
    • Confirmado o pagamento você recebe um comprovante com todos os detalhes da viagem
    • Boa Viagem!!!
  • Formas de pagamento

    • Cartões de crédito

      • VISA
      • MasterCard
    • Boleto e transferência

      • Boleto Bancário
      • Transferência Bancária
  • Próximas saídas

    Próximas viagens:

    22 a 26 de julho de 2018
    16 a 20 de novembro de 2018
  • Descrição

    Roteiro para conhecer os encantos do Vale do Jequitinhonha através de uma viagem pela arte, cultura e belas paisagens da região. Sairemos de Montes Claros - MG, cidade que recebe voos. Incluso Transportes terrestes, Hospedagem, Refeições descritas, Oficinas, Passeios, Anfitrião Raízes e Curadora de arte.

    O Vale do Jequitinhonha situa-se no Norte do Estado de Minas Gerais - MG, e é banhado pelo rio Jequitinhonha e seus afluentes. A região toda tem uma população de aproximadamente 1 milhão de pessoas e é considerada uma das regiões mais pobres do Brasil.

    Trata-se de uma região de contrastes. A pobreza gerada pela seca e pela falta de empregos convive com uma rica cultura e um forte capital social. Uma região onde os homens passam a maior parte do ano em outras cidades especialmente para o trabalho na construção civil em grandes centros urbanos e onde as mulheres criam seus filhos e cuidam das suas casas e dos idosos. A elas cabe gerar seu sustento através da agricultura de subsistência, artesanato e, recentemente, também do turismo de base comunitária.

    Celeiro inventivo e artístico muito peculiar no estado, o Vale do Jequitinhonha é berço de belas e criativas manifestações: trabalhos em Couro, Bordados, Tecelagem, Desenho, Música, Esculturas em Madeira, Cestaria, Pintura  e a Cerâmica. Os trabalhos com barro no Vale começaram com a confecção de peças utilitárias, feitas por mulheres então chamadas de “paneleiras”. A tradição foi mantida geração após geração - bisavós, avós, mães e filhas.

  • Hospedagens e valores

    Hospedagem em quartos duplos em receptivos familiares em Campo Buriti
    Para acomodação Single, acréscimo de 10% no valor e sujeita à disponibilidade.

  • Roteiro

    Dia 1: Saída de Montes Claros com destino a cidade de Turmalina
    Visitando: A comunidade da Campo Buriti

    Chegada no Aeroporto de Montes Claros e encaminhamento para o translado privativo junto ao anfitrião com destino a Campo Buriti (Encontro às 14h no aeroporto de Montes Claros). O tempo de viagem para a comunidade é de aproximadamente 4 horas. Chegando lá, seremos acolhidos por nossas anfitriãs em suas casas. Momento de trocar as primeiras experiências e partilhar de um delicioso Jantar.

    Refeições: Jantar
    Hospedagem: Nos receptivos familiares das anfitriãs

    Dia 2: Trilha do Barreiro & Oficina de Modelagem
    Visitando: A comunidade da Campo Buriti

    Após um bom café da manhã mineiro, faremos a trilha para conhecer os caminhos para a retirada do barro que dão vida a arte do Vale. Momento de prosa com as jovens lideranças comunitárias, aproveitando a bela paisagem do sertão mineiro. Na parte da tarde é hora de botar a mão na massa: As artesãs ensinam como socar e peneirar o barro, antes de misturá-lo à água e modelar conforme a imaginação permitir.

    Refeições: Café da manhã, Almoço e Jantar
    Hospedagem: Nos receptivos familiares das anfitriãs

    Dia 3: Oficina de pintura em cerâmica, visita a Campo Alegre & Confraternização
    Visitando: Comunidade de Campo Alegre

    Após o café da manhã vamos aprender a magia de transformações cromáticas através dos pigmentos naturais servindo como base de oleio. Na parte da tarde, seguiremos para a Comunidade de Campo Alegre, povoado com mais de 80 artesãos, onde visitaremos o pequeno museu comunitário e o galpão de exposição de peças. A noite teremos uma deliciosa confraternização no bar de uma de nossas anfitriãs, Terezinha.

    Refeições: Café da manhã, Almoço e Jantar
    Hospedagem: Nos receptivos familiares das anfitriãs

    Dia 4: Campo Buriti
    Visitando: Campo Buriti & Cerimônia de Queima

    Iniciaremos a manhã com um delicioso café da manhã na casa de uma das mestres ceramistas mais consagradas da região: Zezinha. Lá, faremos um bate papo e visita ao seu belíssimo jardim de cerâmicas que é um museu a céu aberto. A tarde, colocaremos a mão na massa de um modo diferente: oficina de Doce de Leite ou Biscoito. Pela tarde, visitaremos a associação de artesãs de Coqueiro Campo. Por fim, a noite teremos um dos momentos mais especiais da viagem: a Cerimônia de queima! Hora de juntarmos as peças produzidas para queimar no forno a lenha e celebrar! Tudo acompanhado de moda de viola e um jantar com quitutes mineiros.
    Refeições: BLD
    Hospedagem: Nos receptivos familiares das anfitriãs

    Dia 5: Saída de Campo Buriti com destino a Montes Claros
    Visitando: Campo Buriti e Montes Claros

    Chegou a hora da despedida dos momentos incríveis que vivenciamos nos últimos dias na comunidade. Para isso, aproveitaremos um último café da manhã na casa da artesã que nos hospedou e assim nos despedimos de uma forma bastante íntima, levando na bagagem lembranças e novos amigos. Logo após, Sairemos com destino ao aeroporto de Montes Claros. Chegada no Aeroporto de Montes Claros por volta de 17h

    Refeições: Café da manhã
  • O que está incluso

    - Hospedagem em receptivos familiares;
    - Café da manhã, almoço e jantar na comunidade;
    - Traslado terrestre até a comunidade e durante a viagem;
    - Oficinas: modelagem, oleio e pintura;
    - Trilha para conhecer o caminho percorrido para retirada do barro;
    - Cerimônia de queima no forno a lenha;
    - Passeios mencionados;
    - Anfitrião;

  • O que não está incluso

    - Bebidas alcóolicas e outras despesas pessoais;
    - Transporte até Montes Claros
    - Atividades opcionais não descritas neste roteiro.
    - Este roteiro não inclui alimentações na estrada e realizadas em local, horário ou com cardápio diferente do proposto ao grupo.

  • O que levar

    Traga roupas e calçados simples e confortáveis. Durante o dia costuma ser quente e a noite esfriar, portanto venha preparado. Mas não encha muito a mala, pois com certeza vai querer espaço para colocar as belezas adquiridas!

  • Experiência necessária

    Ideal para todas as idades. Roteiro recomendado para:
    - Viajantes em busca de inspiração através da simplicidade e do tradicional
    - Apreciadores de cultura e arte autênticas

  • Restrições

    O grupo mínimo é de 10 pessoas. Caso o número de reservas não alcance este mínimo, a saída será cancelada e o dinheiro devolvido 40 dias antes da viagem.

  • Infraestrutura

    - Não tem sinal de celular na comunidade, mas em caso de emergência existe a linha rural. 

  • Dias e horários

    Próximas viagens:

    22 a 26 de julho de 2018
    16 a 20 de novembro de 2018