Do barro a arte no Vale do Jequitinhonha - Turismo Comunitário - 6 dias

Próxima saída:

23/07/2017 08:00

Origem:

Belo Horizonte - MG

Destino:

Vale do Jequitinhonha - MG

Duração:

6 dias

A partir de
R$ 3.860,00
por pessoa
  • Principais informações

    • Preço:
      A partir de R$ 3.860,00 por pessoa
    • Horários de saída:
      08:00
    • Local de saída:
      Belo Horizonte - MG
    • Avaliação:
    • Nível de dificuldade:
    • Próxima saída:
      23/07/2017 08:00
  • Avaliações

    • Nenhuma avaliação encontrada
  • Como funciona

    • Preencha o formulário com seus dados, número de participantes e uma opção de data
    • Clique em "Quero saber mais" para enviar as informações
    • Entraremos em contato para esclarecer dúvidas e informar a disponibilidade
    • Sem dúvidas? Receba um link de pagamento com opção de parcelamento
    • Confirmado o pagamento você recebe um comprovante com todos os detalhes da viagem
    • Boa Viagem!!!
  • Formas de pagamento

    • Cartões de crédito

      • VISA
      • MasterCard
    • Boleto e transferência

      • Boleto Bancário
      • Transferência Bancária
  • Próximas saídas

    23 a 28 de julho de 2017
    12 a 17 de novembro de 2017
  • Descrição

    Roteiro para conhecer os encantos do Vale do Jequitinhonha através de uma viagem pela arte, cultura e belas paisagens da região. Sairemos de Belo Horizonte com destino a Diamantina, que será a nossa porta de entrada para o Vale. Incluso Transportes, Hospedagem, Refeições descritas, Oficinas, Passeios, Anfitrião Raízes e Curadora de arte.

    O Vale do Jequitinhonha situa-se no Norte do Estado de Minas Gerais - MG, e é banhado pelo rio Jequitinhonha e seus afluentes. A região toda tem uma população de aproximadamente 1 milhão de pessoas e é considerada uma das regiões mais pobres do Brasil.

    Trata-se de uma região de contrastes. A pobreza gerada pela seca e pela falta de empregos convive com uma rica cultura e um forte capital social. Uma região onde os homens passam a maior parte do ano em outras cidades especialmente para o trabalho na construção civil em grandes centros urbanos e onde as mulheres criam seus filhos e cuidam das suas casas e dos idosos. A elas cabe gerar seu sustento através da agricultura de subsistência, artesanato e, recentemente, também do turismo de base comunitária.

    Celeiro inventivo e artístico muito peculiar no estado, o Vale do Jequitinhonha é berço de belas e criativas manifestações: trabalhos em Couro, Bordados, Tecelagem, Desenho, Música, Esculturas em Madeira, Cestaria, Pintura  e a Cerâmica. Os trabalhos com barro no Vale começaram com a confecção de peças utilitárias, feitas por mulheres então chamadas de “paneleiras”. A tradição foi mantida geração após geração - bisavós, avós, mães e filhas.

  • Hospedagens e valores

    Hospedagem em quartos duplos em pousada em Diamantina
    Hospedagem em quartos duplos em receptivos familiares em Turmalina
    Para acomodação Single, acréscimo de 10% no valor e sujeita à disponibilidade.

  • Roteiro

    Dia 1 | Belo Horizonte – Diamantina
    08h - Saída da Praça da Liberdade

    12:30h - Chegada à Diamantina – eleita pelo Unesco como Patrimônio Cultural da Humanidade, é uma das principais cidades históricas de Minas Gerais. Um simples passeio entre suas ruas e casarios já proporciona uma viagem no tempo. Há museus, igrejas, lojas e restaurantes que você não pode deixar de visitar. Almoço (não incluído) e tempo livre para explorar o Centro Histórico.

    14h - Visita à pé no Centro Histórico – faciltada pela nossa curadora de arte pelas ruas e casarios de Diamantina, a Casa de Chica da Silva, o Mercado Velho a Joalheria Pádua, entre outras curiosidades que pontuam a cidade.

    18h-  Roda de conversa – nossa curadora propõe uma conversa em roda para que possamos nos ambientar com a chegada as comunidades e o cenário que estaremos vivenciando adiante, na própria pousada.

    *Pernoite na Pousada Pouso da Chica, Relíquias do Tempo, Pousada do Garimpo, Pousada Capistrano ou similar.
    ** distâncias – aproximadamente 300 km de Belo Horizonte até Diamantina, média de 4:30hrs de viagem em estrada pavimentada

    Dia 2 |  Diamantina – Campo Buriti
    8h Café da manhã

    9h Saída de Diamantina com destino à Comunidade de Campo Buriti, municipio de Turmalina.

    13h Chegada na comunidade direto para a casa de uma de nossas mestras ceramistas anfitriãs. Momento de conhecer suas peças e desfrutar de um delicioso almoço em seu quintal, juntamente com sua família e uma boa prosa.

    15:30h Trilha para conhecer os caminhos percorridos para retirada do barro. Momento em que aproveitamos para prosear um pouco com jovens lideranças na comunidade que nos guiam por essa trilha e curtir a paisagem do sertão mineiro. A trilha termina no “Barreiro” e nossas guias nos mostram como é o processo de retirada da matéria prima das belas peças que veremos e faremos ao longo da semana.

    17h Chegada nos receptivos familiares. Hora de se acomodar e conhecer melhor a família anfitriã

    19h Jantar nos receptivos familiares. Noite livre para descansar ou bater um papo. Aproveite para curtir os sons da natureza, o céu estrelado e o silêncio convidativo para uma boa noite de descanso!

    * distâncias – aproximadamente 200 km de Diamantina até a comunidade de Campo Buriti, média de 2:30hrs de viagem, sendo parte em estrada pavimentada e parte em estrada de terra.

    Dia 3 | Campo Buriti – Campo Alegre – Campo Buriti
    8h Café da manhã com a família anfitriã, recheado de quitutes mineiros e de uma boa prosa.

    9h Hora de botar a mão na massa: Oficina de modelagem de cerâmica. As artesãs ensinam como socar e peneirar o barro, antes de misturá-lo à água e modelar conforme a imaginação permitir. Os visitantes conhecem as técnicas e instrumentos criados e improvisados para esculpir cada detalhe das peças. Um ótimo momento de interação, diversão e risadas garantidas.

    13h Almoço no Quintal – deliciosa e farta comida caseira saboreada no quintal de mais uma de nossas anfitriãs. Com sorriso sempre no rosto, são cuidadosamente oferecidas comidas no quintal e a produção artesanal da família.

    15h Visita à comunidade de Campo Alegre: tempo para visita ao galpão de exposição e venda de peças dos mais de 80 artesãos do povoado e visita ao pequeno museu comunitário. Uma oportunidade de caminhar e interagir pelo povoado e se aproximar dos moradores locais.

    18h Retorno à Campo Buriti, banho e descanso nos receptivos familiares.

    20h Momento de descontração alegria, troca e boas risadas em um jantar coletivo.

    * distância: aproximadamente 6 km da comunidade de Campo Buriti até a comunidade de Campo Alegre – média de 20 minutos de viagem em estrada de terra

    Dia 4 | Campo Buriti
    08h Café da manhã

    09h Oficina de pintura das peças moldadas no dia anterior, ou seja, de “oleio”, como vamos aprender neste momento mágico de transformações cromáticas. Os pigmentos naturais servindo como base de oleio e instrumentos regionais de rara curiosidade vai nos transportar num mundo de cores que mudam aos nossos olhos. Tudo muito mágico, só experimentando e vivenciando a genuína arte popular brasileira.

    Em seguida: visita à loja da Associação de Artesãos de Campo Buriti ao fim da oficina.

    13h Almoço na casa de mais uma de nossas queridas anfitriãs.

    15h Bate papo na Associação de Artesãos de Coqueiro Campo – artesãs, anfitriões e viajantes juntos em roda para conversar com nossa curadora Maria Sonia sobre a exuberância da arte popular buscando uma linha histórica entre o passado e o momento atual – as convivências e testemunhos além da troca impressões.

    18h Retorno aos receptivos para descanso e banho

    20h Cerimônia de queima! Hora de juntarmos as peças produzidas para queimar no forno a lenha e celebrar!

    * Distâncias: aproximadamente 22 km da comunidade de Campo Buriti até o município de Minas Novas – média de 35 minutos de viagem sendo 16km em estrada pavimentada e 6 km em estrada de terra

    Dia 5 | Campo Buriti - Diamantina
    09h Café da manhã super especial na casa da anfitriã Zezinha. Vamos aproveitar para conhecer seu jardim de cerâmicas e bater um papo com uma das mestres mais famosas e consagradas do Vale do Jequitinhonha.

    10:30h Manhã livre para caminhar pela comunidade, visitar alguma das anfitriãs que gostaria de conhecer melhor, assistir (ou mesmo jogar) o futebol da comunidade, fazer uma oficina de doce de leite ou de biscoito (agendar com 48h de antecedência), ler um bom livro, descansar, tirar fotos ou simplesmente não fazer nada!

    13h Almoço na casa de uma grande líder comunitária. Sua inteligência, capacidade de articulação e seu cuidado com a comunidade encantam! Cozinheira de mão cheia, abrirá seu quintal para nos receber com aquela comidinha caseira!

    14h Maria Sonia encerra estes dias com imagens e falas aprendidas durante a experiência compartilhada.

    15h Hora de nos despedir desses encantadores anfitriões e levar nossas peças para casa como uma das lembranças dessa vivência.

    19h Um passeio livre por Diamantina e uma boa noite de sono. Pernoite na Pousada Pouso da Chica, Relíquias do Tempo, Pousada do Garimpo, Pousada Capistrano ou similar.

    * distâncias: aproximadamente 200 km da comunidade de Campo Buriti até Diamantina média de 2:30hrs de viagem, sendo parte em estrada pavimentada e parte em estrada de terra.

    Dia 6 | Diamantina – Belo Horizonte
    9h Café da manhã na pousada

    10h Saída para Belo Horizonte. Vamos pelo caminho trocando contatos e impressões com nossos companheiros de viagem, assistindo um bom filme ou simplesmente descansando.

    15h Previsão de chegada em Belo Horizonte

    * distâncias – aproximadamente 300 km de Diamantina até Belo Horizonte, média de 4:30hrs de viagem em estrada pavimentada
  • O que está incluso

    - Hospedagem em Diamantina e nos receptivos familiares;
    - Café da manhã, almoço e jantar na comunidade;
    - Traslado terrestre até a comunidade e durante a viagem;
    - Oficinas: modelagem, oleio e pintura;
    - Trilha para conhecer o caminho percorrido para retirada do barro;
    - Cerimônia de queima no forno a lenha;
    - Passeios mencionados;
    - Anfitrião Raízes;
    - Curadora de arte.

  • O que não está incluso

    - Bebidas alcóolicas e outras despesas pessoais;
    - Transporte até Belo Horizonte e até o ponto de saída – Praça da Liberdade;
    - Alimentação em Diamantina;
    - Atividades opcionais não descritas neste roteiro.
    - Este roteiro não inclui alimentações na estrada e realizadas em local, horário ou com cardápio diferente do proposto ao grupo.

  • O que levar

    Traga roupas e calçados simples e confortáveis. Durante o dia costuma ser quente e a noite esfriar, portanto venha preparado. Mas não encha muito a mala, pois com certeza vai querer espaço para colocar as belezas adquiridas!

  • Experiência necessária

    Ideal para todas as idades. Roteiro recomendado para:
    - Viajantes em busca de inspiração através da simplicidade e do tradicional
    - Apreciadores de cultura e arte autênticas

  • Infraestrutura

    - Não tem sinal de celular na comunidade, mas em caso de emergência existe a linha rural. 

  • Dias e horários

    Próximas viagens:

    23 a 28 de julho de 2017
    12 a 17 de novembro de 2017