Cruzando os Biomas: Jalapão, Ilha do Bananal e Parque do Cantão - 8 dias

Próxima saída:

02/06/2022 08:00

Origem:

Palmas - TO

Destino:

Jalapão - TO

Duração:

8 dias

A partir de
R$ 5.198,00
por pessoa
  • Principais informações

    • Preço:
      A partir de R$ 5.198,00 por pessoa
    • Horários de saída:
      08:00
    • Local de saída:
      Palmas - TO
    • Avaliação:
    • Nível de dificuldade:
    • Próxima saída:
      02/06/2022 08:00
  • Avaliações

    • Nenhuma avaliação encontrada
  • Como funciona

    • Preencha o formulário com seus dados, número de participantes e uma opção de data
    • Clique em "Quero saber mais" para enviar as informações
    • Entraremos em contato para esclarecer dúvidas e informar a disponibilidade
    • Sem dúvidas? Receba um link de pagamento com opção de parcelamento
    • Confirmado o pagamento você recebe um comprovante com todos os detalhes da viagem
    • Boa Viagem!!!
  • Formas de pagamento

    • Cartões de crédito

      • VISA
      • MasterCard
    • Boleto e transferência

      • Boleto Bancário
      • Transferência Bancária
  • Descrição

    Já pensou em viajar cruzando os mais belos biomas do Brasil?  Vamos começar nossa viagem pelo Parque Estadual do Cantão e na Ilha do Bananal, você tem a transição do Cerrado, Amazônia e Pantanal dividindo o mesmo espaço. Justamente por ser uma área de transição, a biodiversidade é riquíssima, ainda mais com a ajuda do Rio Araguaia, que carrega todo tipo de material biológico às margens florestadas. Aliás, áreas estas que vão de praias e ilhas desertas a mais de 800 lagos remodelados anualmente pelas águas. Isso porque o Cantão pode ser explorado tanto na época de cheia, quando as águas encobrem parte da vegetação e navegamos pela copa das árvores, como na seca, abrindo diversas trilhas para exploração de um ecossistema em constante mudança esperando você para apresentar surpresas a cada nova visita, mas essa será só a primeira etapa da viagem. Depois vamos seguir com a nossa expedição para o Jalapão onde vamos viver uma experiência única e conhecer as maravilhosas belezas da região como, o Morro Vermelho, Pedra da Catedral, Fervedouro Bela Vista,  Comunidade Mumbuca berço do artesanato com capim dourado e muito mais.  Não deixe de realizar essa viagem que cruza dos biomas com atrativos imperdíveis. 

  • Hospedagens e valores

     

    TARIFÁRIO ILHA DO BANANAL, PARQUE DO CANTÃO E JALAPÃO - 2022
    Baixa temporada: R$ 5.198,00 POR PESSOA  Alta temporada: R$ 5.693,00 POR PESSOA 

    - Valor por pessoa.
    - Saídas confirmadas a partir de 2 viajantes.
    - É considerado como Alta temporada feriados nacionais, meses de férias escolares e Baixa temporada o período restante.

  • Roteiro

    *Pedimos para que o voo de chegada seja reservado para um dia antes do início da expedição (voo, traslado e hospedagem em Palmas devem ser contratadas pelo viajante).

    1º dia - Início da Expedição pelo Interior do Parque do Cantão (Palmas → Caseara)
    Logo após o café da manhã, deixaremos o ponto de encontro combinado (hotel ou aeroporto de Palmas) rumo à cidade de Caseara, às margens do Rio Araguaia e o parque do Cantão. Almoço na cidade de acesso ao Parque, e check-in na pousada de onde partiremos embarcados em todas as nossas expedições. Na parte da tarde em horário pré determinado sairemos de barco para o interior do parque do Cantão, e suas belíssimas praias e ilhas desertas. Onde poderemos realizar um delicioso banho de rio na época da seca e na cheia contemplar as florestas alagadas durante o pôr do sol. Retorno para a pousada, jantar e um merecido descanso do longo dia. Pernoite.

    2º dia - Nascer do Sol no Rio + Trilha da Transição dos Biomas - (Parque Estadual do Cantão)
    Depois de um café reforçado, partiremos ainda no escuro para ver o nascer do sol de dentro do parque. Com as headlamps afixadas, seguimos embarcado a partir da própria pousada até uma bela trilha, que a pé nos meses de seca ou de barco nos de cheia adentraremos na floresta de Transição. Apenas com o som dos primeiros pássaros (e do correr das águas, se for o caso), o nascer do sol dá vida as trilhas meio a inúmeras espécies endêmicas de vegetação e pássaro no interior do Parque. Visitaremos a sede do Parque, com diversos painéis e vídeos sobre o ecossistema do Cantão que, na saída, você pode pôr à prova com produtos que usam material da região na lojinha de artesanato dos moradores locais. Retorno para a Pousada e almoço. Depois da pausa para o almoço, às 15h seguiremos embarcados para o imponente Rio Araguaia (fase sul), e suas belíssimas praias e ilhas desertas. Onde poderemos realizar um delicioso banho de rio na época da seca e na cheia contemplar as florestas alagadas ao pôr do sol. Retorno para a pousada, jantar e um merecido descanso do longo dia. Pernoite.

    3º dia > Passeio pela Região da Lagoa da Confusão e Ilha do Bananal (Cidade da Lagoa da Confusão)
    Após o café da manhã, realizaremos no check-out da pousada no Parque do Cantão, para seguirmos rumo a cidade da Lagoa da Confusão, com duração prevista de 3h30min de viagem. Realizaremos uma deliciosa pausa no almoço para explicar como se comportar nos safáris fotográficos. Mas um cuidado importante que você já pode anotar antes de sair de casa é reservar roupas de cores neutras para não chamar atenção dos animais. E antes de sacar a câmera, vale notar a vegetação à volta. Passando dentre fazendas de gado e lavoura, o cenário junta as florestas densas da Amazônia, as áreas alagadas das Florestas de Ipucas* em meio as fazendas, e os galhos retorcidos do Cerrado. Seguindo a expedição, partiremos para outras fazendas as margens do Rio Javaés oportunizando com sorte ver outros animais silvestres. Após Safári, para quem pensa que já nos despediremos da expedição, está enganado, pois, realizaremos um contemplativo passeio de barco com banho na lagoa de águas cristalinas e quente da cidade. Visitando a misteriosa pedra de calcário que confunde muitas pessoas acreditando na lenda que ela flutuava meio a lagoa. Em seguida em nosso deslocamento para a Capital, no caminho, faremos uma parada em uma casa de doces e compotas artesanais do Cerrado. Pernoite em Palmas (não incluso) e noite livre.

    *Floresta de Ipucas: Imagine esbarrar com um fragmento de Floresta Alagável que abriga espécies vegetais típicas da Floresta Amazônica e da Mata Atlântica em pleno bioma do cerrado, na Planície do Médio Araguaia. Em nosso percurso teremos a oportunidade de ver in-loco esta curiosidade da Natureza Tocantinense.

    4º dia - Palmas > Pedra da Catedral > Fervedouros > São Félix (115 km em asfalto + 148 km em estrada de terra)
    07h30 - Saída de Palmas com destino ao parque do Jalapão passando pela Cachoeira do Champagne com sua tonalidade de esmeralda. Em seguida, almoço na Comunidade da Taboca, em um restaurante local.
    Na parte da tarde, seguiremos para a Serra da Catedral (visita panorâmica), um dos cartões postais do Jalapão, sendo uma formação rochosa muito curiosa no meio da Savana do Cerrado, às margens da estrada onde se tem o visual de uma catedral de pedra vista de frente.
    Chegada na Cidade de São Félix do Tocantins, para visitar os Fervedouros Bela Vista e Alecrim, onde teremos tempo para um banho maravilhoso e para começarmos a conhecer o Parque do Jalapão e suas águas cristalinas.
    No início da noite, chegada à pousada para acomodação e jantar.
    - Obs 1: Atividade opcional de Rafting após a Serra da Catedral tratar localmente com a nossa equipe operacional Desviantes.
    - Obs 2: No final do dia, a partir das 18h, é permitido o banho noturno no Fervedouro Por Enquanto (exclusivo para hóspedes).

    5º dia - São Félix > Comunidade Mumbuca > Mateiros (85 km em estrada de terra)
    08h - Sairemos rumo ao Fervedouro Buritizinho, com suas águas azul turquesa. Continuaremos ao fervedouro Encontro das Águas, e em seguida iremos ao encontro dos rios Soninho e Formiga para um delicioso banho, onde iremos notar a diferença de temperatura e cores das suas águas. Este fervedouro é muito especial, pois é o menor olho d 'água e com a maior pressão, proporcionando assim, uma plena flutuação. Almoçaremos na Comunidade Quilombola Mumbuca, berço do Capim Dourado, e após o almoço, partiremos para o Fervedouro do Ceiça, o primeiro a ser aberto para visitação, onde faremos uma pequena trilha de 300 metros e conheceremos esse paraíso, famoso por suas bananeiras. Retornaremos para a pousada no final do dia para acomodação, jantar e restante da noite livre.

    6º dia - Mateiros > Cachoeira do Formiga > Fervedouros (45 km em estrada de terra)
    08h - Sairemos até a Cachoeira do Formiga, uma das mais bonitas do Estado do Tocantins, com suas águas de cor verde esmeralda, que proporciona um banho relaxante e renovador para o corpo. Continuaremos ao fervedouro Rio Sono, por meio de uma trilha de 50 metros, bem no local onde almoçaremos e para relaxar um pouco mais, temos acesso à um redário! Numa trilha de 300 metros, chegaremos ao fervedouro do Buriti, cujo formato encanta os visitantes, pois é bem redondinho, fica bem no meio das bananeiras e buritis centenários do cerrado. Em seguida, teremos uma experiência diferenciada, uma vivência do plantio de uma árvore (Copaíba) e visitaremos a lojinha do Instituto Pé de Copaíba, para conhecer os famosos óleos medicinais do cerrado.
    Obs 1: Atividade opcional de Trekking para avistar o nascer do sol do alto do Morro do Sereno, R$ 130,00 por pessoa (trilha de aproximadamente 4.400 metros e 230 metros de desnível).

    7º dia - Mateiros > Dunas > Comunidade Rio Novo > Pindorama (210 km em estrada de terra + 45 km de asfalto)
    07h - Saída de Mateiros rumo às Dunas do Jalapão. No caminho, avistaremos o Morro do Saca Trapo, a Serra do Espírito Santo e a Lagoa das Dunas, onde faremos paradas para fotos se houver tempo livre. Um verdadeiro oásis bem no meio do Brasil. Estas são as maiores dunas do cerrado Brasileiro. Com sua cor alaranjada entre as serras de chapada e buritizais, é um lugar fantástico para contemplar e conhecer um pouco mais da geologia local e apreciar essa paisagem autêntica da região Jalapoeira. Seguiremos viagem e antes do almoço, tomaremos um banho bem refrescante na Prainha do Rio Novo (faremos uma pequena trilha de 100 metros até chegarmos lá) e depois, iremos à Comunidade Quilombola do Rio Novo para nos deliciarmos com um almoço feito no fogão à lenha. No caminho, avistaremos do carro a Serra da Muriçoca e iremos ao Cânion Sussuapara por uma trilha de aproximadamente 200 metros até chegarmos numa fenda, na qual caminhamos por dentro dela, podendo sentir que estamos abaixo do lençol freático, proporcionando assim, lindas nascentes nas rochas e nas raízes aéreas das grandes árvores que estão acima de nós. No início da noite, iremos à pousada para acomodação, jantar e restante da noite livre.

    8º dia - Pindorama > Lagoa do Japonês > Pedra Furada (30 km em estrada de terra + 185 km de asfalto)
    07h30 - Nos despedimos da pousada e iremos em direção à Lagoa do Japonês, um lugar de beleza rara e única, com suas águas cristalinas e em tons ora azuis e ora esverdeados, com suas curiosas formações rochosas calcárias. Teremos aqui um tempinho para desfrutarmos desse atrativo tão visitado na região e almoçarmos na casa da Vovó Almerinda. Após o almoço, sairemos em direção à Pedra Furada, um gigantesco conjunto de blocos areníticos esculpidos pelos ventos milhões de anos atrás. Atravessaremos por dentro desta gigante rocha destacada no cerrado de várias cores, mostrando assim as eras descritas nas suas camadas multicoloridas. Retornaremos para Palmas, com previsão de chegada entre 19h/20h e daremos fim aos nossos serviços.

    *Aconselhamos que o vôo de retorno seja reservado para o dia seguinte ao fim da expedição (vôo, hospedagem em Palmas e traslado para o aeroporto devem ser contratados pelo viajante).

    ATENÇÃO:
    - A programação acima pode sofrer alterações sem aviso prévio devido a fatores climáticos, de acesso ou outros que a operadora julgue que possam interferir na segurança ou bem-estar dos viajantes.

    - Algumas atividades poderão ser alteradas conforme o clima e estação do ano.
    - Visitamos apenas o entorno da Ilha do Bananal.

  • O que está incluso

    Hospedagem:
    - 7 diárias.

    Transporte:
    - Traslado até atrativos visitados em barcos ou carros de passeio pequenos.

    Passeios:
    - Guiamento credenciado da operadora responsável pelo pacote.
    - Passeios descritos no roteiro.

    Alimentação:
    - 8 alimentações completas + Lanches de trilha.

    Itens extras:
    - Seguro viagem e taxas.

  • O que não está incluso

    - Gastos pessoais, como: frigobar, sorvetes, artesanatos ou qualquer item não listado como “Incluso”;
    - Hospedagens e alimentações em Palmas (no dia anterior, um dia antes de iniciar a segunda parte da expedição no Jalapão e após o término dos passeios);
    - Passeios opcionais que poderão estar disponíveis durante a expedição;
    - Bebidas durante as refeições;

  • O que levar

    - Roupas leves para caminhada;
    - Calça para caminhada no cerrado e Amazônia;
    - Tênis ou bota para caminhada;
    - Sapatilha para o rafting e Lagoa do Japonês
    - Camiseta de manga comprida (para proteção solar);
    - Máquina fotográfica (quem tiver lentes de longo alcance, recomendamos);
    - Óculos de mergulho;
    - Óculos escuros;
    - Binóculos para observação de natureza;
    - Mochila pequena para a caminhada e lanternas com pilhas extras;
    - Protetor solar e repelente;
    - Chapéu ou boné;
    - Medicamentos tomados regularmente (por segurança, nossos guias não possuem autorização para administrar medicamentos para os viajantes);
    - Capas de chuva;

  • Dias e horários

    - Conforme o calendário de consultas e reservas.