10 viagens bate e volta com natureza em São Paulo
12/07/2016

10 viagens bate e volta com natureza em São Paulo

Se você está se sentindo um pouco estressado do dia-a-dia corrido, ou se simplesmente não conseguiu se programar para os feriados, e está sem muito tempo para fazer uma viagem mais longa, não se preocupe. Para quem mora no estado de São Paulo, há diversas opções para você sair e espairecer em uma rápida viagem bate-e-volta, e ainda aproveitar as belezas naturais, passeios culturais e roteiros cheios de aventura e emoção espalhados por toda região metropolitana paulista.

Seguem nossas sugestões sempre com aquela pitada de natureza e aventura:

1. Socorro

A 132km de São Paulo, situada na região do Circuito das Águas Paulista, Socorro é conhecida por ser um ótimo destino para prática de esportes de aventura, como rapel, tirolesa, rafting, escaladas, arvorismo, trilhas, entre muitos outros. O Rio do Peixe, por exemplo, é um de seus principais atrativos, pois reúne em suas margens inúmeras empresas que oferecem passeios de Rafting, Stand Up, Caiaque entre outros; já no Pico da Cascavel, você poderá praticar o voo de asa-delta ou parapente, além de admirar uma bela vista panorâmica da cidade (que também pode ser vista do Mirante do Cristo e da Pedra Bela Vista). Se você procura algo mais tranquilo e até relaxante, vá ao Balneário de Pompeia, onde poderá usar as saunas, fazer massagens e experimentar os banhos medicinais e as hidromassagens com sais minerais.

Para chegar a Socorro de carro saindo de São Paulo, pegue a Rodovia Presidente Dutra e siga ao acesso à Rodovia Fernão Dias até alcançar a entrada para Bragança Paulista, e, de lá, basta seguir as placas que levam à cidade de Socorro. Já de ônibus, o percurso parte do Terminal Tietê com a viação Bragança.

  Conheça mais sobre os passeios em Socorro


2. Juquitiba

Uma viagem bate-e-volta a Juquitiba vale muito a pena, pois além de estar a apenas 75km de distância da capital paulista, abriga a maior área de mata atlântica preservada de toda a Grande São Paulo, tornando-a um paraíso ecológico e um destino imperdível para conhecer. Sua principal atração é o passeio de rafting nas corredeiras do rio Juquiá, mas há ainda diversos rios e cachoeiras para explorar através de trilhas, e outras atividades como arvorismo e tirolesa. Para um passeio mais tranquilo, visite a Aldeia do Artesanato, onde pode-se observar os trabalhos dos artesãos da região.

Para ir à Juquitiba de São Paulo, vá até o município de Taboão da Serra e pegue a Rodovia Régis Bittencourt, passando por Embu das Artes, Itapecerica da Serra e São Lourenço da Serra. Os percursos de ônibus são feitos com a viação Intersul, saindo do Terminal Barra Funda.

  Conheça mais sobre os passeios em Juquitiba


3. Brotas

Apesar de um pouco mais distante, a 250km da capital, Brotas é um dos principais destinos de turismo de aventura de todo o estado de São Paulo. Com tantas riquezas e belezas naturais bem preservadas, a cidade oferece um amplo leque de atividades para fazer, começando pelo rafting no rio Jacaré-Pepira, que é praticamente obrigatório para qualquer um que visita o lugar. Além disso, pode-se também praticar rapel e canionismo em suas diversas cachoeiras e tirolesa e arvorismo nos parques. Para quem também gosta de atividades culturais, visite a feira de artesanato ou o museu do café.

Saindo de carro de São Paulo, vá pela Rodovia dos Bandeirantes até o entroncamento com a Washington Luiz, e então siga por ela até poder entrar na Rodovia Eng. Paulo Nilo Romano, que atravessa Brotas. A viagem de ônibus é feita pela viação Expresso de Prata a partir do Terminal Barra Funda.

  Conheça mais sobre os passeios em Brotas


4.Ilhabela

A 200km de São Paulo, Ilhabela é a maior ilha marítima do Brasil, com 42 praias e 83% de seu território coberto por mata atlântica. É conhecida pela prática de esportes náuticos, especialmente vela, atraindo turistas e profissionais de todo o mundo com sua Semana Internacional da Vela. Além das praias paradisíacas, há mais de 360 cachoeiras que são acessíveis através de trilhas; pontos de mergulho, como na Reserva Marinha da Ilha das Cabras, onde pode-se observar várias espécies marinhas; e passeios de escuna, que passam pelas praias do Perequê, da Fome e do Jabaquara, e de jipe, que leva à Baía de Castelhanos.

Saindo de São Paulo de carro, siga pelo corredor formado pelas rodovias Ayrton Senna e Carvalho Pinto até o acesso para a Rodovia dos Tamoios, que termina em Caraguatatuba, e então entre em São Sebastião e siga até o centro, onde placas indicam a balsa. De ônibus, a viagem é feita com a viação Litorânea, saindo do Terminal Tietê, e faz o trajeto até São Sebastião. De lá, você deverá pegar a balsa até Ilhabela.

  Conheça mais sobre os passeios em Ilhabela


5.Atibaia

Atibaia está a menos de 70km da capital paulista, e tem muitas coisas para oferecer tanto para quem procura atividades com emoção quanto para casais ou famílias que procuram passar uma tarde relaxante. No primeiro caso, para quem optar por passeios de aventura, o mais famoso da região é também seu cartão-postal, a Pedra Grande, com 1.450 metros de altitude que pode ser acessada através de trilhas e de passeios de quadriciclo que levam até o topo da montanha, e, de lá, é possível saltar de asa-delta ou parapente. Na Represa da Usina, há ainda passeios de jet-ski; já na Reserva do Vuna, pode-se fazer passeios a pé ou de bicicleta para observar os jardins, as cascatas, grutas e riachos. O Parque Edmundo Zanoni também é excelente para os programas tranquilos, com playground, lago com pedalinhos, viveiro de plantas e pássaros e o Museu de História Natural.

Para chegar em Atibaia de carro, basta seguir pela Rodovia Presidente Dutra até chegar ao acesso à Rodovia Fernão Dias. O percurso de ônibus é feito com a viação Atibaia, saindo do Terminal Tietê.

  Conheça mais sobre os passeios em Atibaia


6. Caconde

Caconde está localizado na divisa de São Paulo com Minas Gerais, a cerca de 300km de distância da capital paulista, e vem crescendo como um destino muito popular entre turistas que procuram tanto aventura como tranquilidade e clima medicinal. A principal atividade da região é o rafting no rio Pardo, que pode ser feito em qualquer época do ano graças ao controle do nível das águas feito pelas comportas de uma usina. Outras atividades radicais ainda incluem cascading, que desce pela cachoeira Santa Quitéria; passeios de jet-ski e canoa no Parque Prainha; e trilhas até a Pedra do Pontal, cortando pelas árvores e vegetação de mata atlântica. Para programas mais tranquilos, a cidade é muito procurada como um local de meditação, feito na praça do Mirante.

De carro, pegue a Rodovia Bandeirantes até a Rodovia Anhanguera, então entre na Dom Pedro I e siga pela Adhemar de Barros. Quando alcançar a Eduardo Vicente Nasser, fique atento à saída para Tapiratiba para pegar a Rodovia Deputado João Bravo Caldeira. De ônibus, a viação Santa Cruz faz o percurso saindo do Terminal Tietê.

  Conheça mais sobre os passeios em Caconde


7.Pedra do Baú

Localizada no município de São Bento do Sapucaí, a cerca de 200km da capital de São Paulo, a Pedra do Baú é uma incrível formação rochosa com altitude de 1.950 metros acima do mar. Faz parte do Complexo do Baú, que também é formado pelas pedras Bauzinho, de 1.760 metros de altitude, e Ana Chata, de 1.670 metros, e que atraem um grande número de turistas e escaladores profissionais e amadores. De seu topo, é também possível saltar de asa-delta ou parapente, mas para quem gosta de caminhar, a Pedra do Baú ainda oferece caminhadas tranquilas que levam a pontos com vistas privilegiadas da região, além de atividades na Fazenda Campista, mais próximo à cidade, onde encontra-se represa, lagos, pequenas cachoeiras e um playground.

De carro, a melhor via de acesso será a Rodovia Ayrton Senna, que cairá na Carvalho Pinto e chegará na Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro, a estrada local que leva a Campos do Jordão. De lá, há uma estrada que liga Campos do Jordão com São Bento do Sapucaí, chamada Estrada da Campista; a partir dela, siga as placas que indicam o caminho à Pedra do Baú. A viagem de ônibus é feita pela viação Pássaro Marrom, saindo do Terminal Tietê.

  Conheça mais sobre a viagem para Pedra do Baú


8. Santos

Foto: Marcos Fernandes

A pouco menos de 80km de São Paulo, Santos é a maior cidade do litoral paulista, abrigando o maior porto da América Latina e inúmeras atrações, que incluem opções, como surfe, voo livre de parapente no Morro do José Menino e trilha até o Mirante do Caeté, de 260 metros de altitude, e programas tranquilos e culturais, como passeios por suas praias, museus e pelo belo Aquário Municipal. Há também outros passeios muito famosos, como o de escuna pela baía de Santos ou pelo porto e canal de Bertioga; de bonde, passando pelo charmoso centro histórico; e de mergulho, na Laje de Santos, onde pode-se observar diversificadas espécies marinhas em águas cristalinas de até 40 metros de visibilidade.

Para chegar a Santos de carro a partir de São Paulo, são duas opções para descer a serra de carro: a Rodovia Anchieta e a Imigrantes. Já de ônibus, as viações Cometa e Expresso Luxo fazem o percurso a partir do Terminal Jabaquara.

9. São Roque

Foto: Marina Almeida

Com 60km entre São Roque e São Paulo, a viagem bate-e-volta fica fácil e vale a pena para passar o dia e conhecer o charme da cidade. Um dos pontos que mais atrai os turistas é seu vínculo com a vinicultura, e, através da famosa Estrada do Vinho, com 10km de extensão e que dá acesso à maioria das vinícolas, é possível fazer o “roteiro do vinho” e degustar não apenas vinhos, mas sucos, queijos e doces também. Já para quem procura emoção, o Ski Mountain Park oferece atividades de esqui e snowboard (você pode subir até o topo do morro de trenzinho ou teleférico), além de arco e flecha, arvorismo, paintball, passeio a cavalo, entre outros.

Para chegar a São Roque de carro, basta seguir pela Rodovia Castelo Branco ou pela Raposo Tavares em direção a Sorocaba. De ônibus, saia pelo Terminal Barra Funda com a viação Cometa.

10. Paranapiacaba

Foto: Gabrielle Idealli

A cerca de 70km da capital paulista, encontra-se uma tranquila e charmosa vila com arquitetura inglesa no distrito de Santo André chamada Paranapiacaba. É repleta de construções históricas que podem ser percorridas a pé, como o Clube União Lyra Serrano, palco de bailes, óperas e exibições de filmes; o Antigo Mercado, empório que foi transformado em centro cultural; e o Museu Castelo, que abriga antigos móveis, fotos e relógios, além de fornecer uma vista privilegiada do topo da colina onde está situado. Há também seis opções de trilhas e um circuito de arvorismo para fazer no Parque Natural Municipal Nascentes de Paranapiacaba, entre sua mata atlântica e flores e animais silvestres.

É possível ainda ir à Paranapiacaba de trem, em seu famoso Expresso Turístico, partindo da Estação da Luz, em São Paulo, até a estação ferroviária da cidade, que reproduz as badaladas do famoso relógio Big Ben de Londres. Já para quem preferir ir de carro, siga pela Via Anchieta e entre na Estrada Velha do Mar para a Rodovia Índio Tibiriçá até alcançar o acesso à Rodovia Antônio Adib Chammas. De ônibus, a viagem é feita com a viação Ribeirão Pires a partir do Terminal Rodoviário de Santo André.

Silas Barbi

Praticante de trekking, escalada, mergulho livre e profissional de marketing por formação. Acredita em mundo com menos rotina e mais aventura. Suas duas paixões são o Brasil e a Natureza e não é por acaso que o seu principal objetivo de vida é levar as pessoas para conhecer as belezas naturais do Brasil.