OFERTAS BLACK FRIDAY
As praias paradisíacas da Ilha Anchieta em Ubatuba
04/02/2016

As praias paradisíacas da Ilha Anchieta em Ubatuba

Por: Isabela Rios / Foto de Capa: Reginaldo Rossi

Conheça quatro praias na Ilha Anchieta que valem a visita no litoral de São Paulo

No dicionário, a palavra paraíso significa um lugar de delícias, onde a gente se sente bem, em paz e com sossego. Assim é a Ilha Anchieta, um pedaço de terra localizado no município de Ubatuba que forma a segunda maior ilha do litoral norte de São Paulo. Um lugar que já abrigou um presídio político e hoje é ocupado por um parque estadual de 828 hectares de Mata Atlântica.

Com uma superpopulação de capivaras, macacos-prego, saguis, quatis, gambás, lagartos, tatus e cutias, 72 espécies de aves, cardumes de tainhas, robalos, carapaus, sardinhas, peixes voadores e tartarugas marinhas, nem preciso falar que o destino é um dos preferidos de quem ama natureza.

Conheça o pacote de viagem de 1 dia para conhecer a Ilha Anchieta

E como sinônimo de paraíso é natureza rica e também praia bonita, as porções de areia e mar encantam dos mais aventureiros até quem precisa relaxar. Existem sete praias na Ilha Anchieta, algumas não são abertas ao público por serem locais utilizados para pesquisas. Entre as que permitem o acesso de turistas, quatro se destacam e garantem o sucesso da viagem.

A mais famosa é a Praia do Presídio. Em suas águas tranquilas chegam a maior parte das embarcações que trazem turistas à ilha. Na praia estão as ruínas do presídio construído para deter presos políticos que funcionou entre 1904 e 1955. O local foi desativado após uma rebelião quando já abrigava criminosos comuns e se tornou um centro turístico. Na praia também estão o centro de administração do parque e uma base do Projeto Tamar.

Praia do Presídio - Foto: Rodrigo M.

Presídio da Ilha Anchieta - Foto: Luis Morales

Quem desembarca no píer também tem fácil acesso à Praia das Palmas. O caminho dura cerca de dez minutos e passar por uma trilha plana e agradável com diversos animais da fauna local saudando os turistas. No fim da trilha você encontra uma praia ideal para descansar e ótima para as crianças, pois as águas são calmas, rasas e sem ondas.

Praia das Palmas - Foto: Paulo Fessel

A Praia do Sul é a preferida dos mergulhadores. A natureza é linda e virgem e as águas são verdes e têm ótima visibilidade, agradando assim os adeptos do mergulho com cilindro e snorkel que vão além da costeira para explorar as grandes pedras que formam tocas e fendas que servem de abrigo para muitas espécies de peixes. Você pode chegar no local de barco ou por uma trilha que sai da Praia das Palmas e tem 1.300 metros até o destino final. Um esforço que é recompensado com uma praia exclusiva, já que a grande maioria dos visitantes não se arrisca na trilha.

Praia do Sul da Ilha Anchieta - Foto: Alessandro Tramontini

A Praia do Leste é sinônimo de sossego. Ótima para quem quer relaxar no sol, dar um mergulho, voltar para o sol e continuar essa sequência por algumas horas. Você pode chegar até lá através de trilhas saindo da Praia do Presídio.

Uma surpresa aguarda os mergulhadores que chegam à Praia do Leste. Em 1997, uma estátua em tamanho natural foi colocada no local pela Associação das Operadoras de Mergulho de Ubatuba, em homenagem ao cientista francês e “pai do mergulho”, Jacques Cousteau. A estátua encontra-se aos nove metros de profundidade próxima ao costão rochoso.

Lula e Peixes avistados em Mergulho na Ilha - Foto: Thiago Menon

Por último, o cenário da Praia Grande é formado por areia branca, vegetação selvagem, água clara e bem transparente. A trilha do Saco Grande, com 1,5 quilômetro, passa pelas ruínas da antiga Vila Militar e do Quartel, cruza a mata e chega à praia. O mar calmo também permite que embarcações atraquem e facilita a experiência dos viajantes. Ou seja, você faz um passeio de barco e passa o dia inteiro aproveitando um dos paraísos do litoral brasileiro.

Costão em um das Trilhas na Ilha Anchieta - Foto: Unesp Ciência

Gostou? Conheça nossas viagens para Ubatuba

Isabela Rios

Jornalista com experiência em matérias sobre turismo e esportes no Brasil e no exterior. Apaixonada por aventura, pratica escalada, mergulho, snowboard e qualquer outro esporte que seja na natureza. Entre seus hobbies estão a meditação e a fotografia. Devido a sua profissão e a vontade de conhecer o mundo visitou nove países em 2015.