1 pacote de viagem para Ilha do Cardoso

Selecione o mês
Qual seu destino?
Ilha do Cardoso
ver todos
Feriado
Ordenar por

Ilha do Cardoso é um dos mais belos passeios do Litoral

Situado no litoral sul de São Paulo, próximo ao Paraná, é um destino ainda pouco explorado devido ao seu difícil acesso, o que colabora com sua preservação (cerca de 90% de sua área total é mata atlântica nativa). São quilômetros de praias desertas, piscinas naturais e trilhas que levam a cachoeiras e poços cristalinos, além de uma riquíssima flora e fauna, incluindo algumas espécies em extinção. O turismo na Ilha do Cardoso é de base comunitária, por isso o turista tem contato muito forte com a cultura local e com a natureza, que conservam a essência desse destino. Lá, o principalmente meio de transporte é o barco, então prepare-se para fazer vários passeios na Ilha abordo dos barcos dos moradores.

Além dos lugares que só podem se visitados de barco,  como a Ilha de Superagui, e outros pontos turísticos para os quais o trajeto pode durar até algumas horas, existe também as belíssimas piscinas naturais, sendo as de mais destaque as da Laje, Ipanema, Fole Grande e Fole Pequeno; a Praia do Pontal, o “final” da praia, com quinze quilômetros de faixa de areia e onde as águas do canal se encontram com as águas do mar; e uma das mais lindas cachoeiras da região, a Cachoeira Grande, cercada por mata nativa e com uma queda não muito grande (ao contrário do que seu nome sugere), mas que forma um incrível poço de águas claras.

A melhor época para viajar para a Ilha do Cardoso para fazer as trilhas é entre os meses de Junho e Setembro, quando chove muito pouco. Já para aproveitar as praias e piscinas naturais, a melhor época é mesmo o verão, a quantidade de chuvas aumenta consideravelmente, mas as altas temperaturas tornam as piscinas naturais irresistíveis. Já a melhor maneira de chegar até ela, além de ser a mais bonita também, é através de barco por Cananéia, que leva os viajantes até a Vila do Marujá.

Como é uma região muito rústica e um tanto selvagem, não possui energia elétrica (a maioria dos lugares usam energia solar e alguns usam geradores). Você também não vai encontrar nenhuma agência de turismo na Ilha do Cardoso, pois tudo lá é administrado pelos moradores, o que torna a viagem muito mais intimista. Apesar das instalações humildes, você poderá encontrar uma boa infraestrutura turística nas vilas do Marujá e do Perequê, com restaurantes, pousadas e algumas casas para curtir forró.

Se você gosta de conhecer ilhas, veja nosso post sobre 10 ilhas paradisíacas para conhecer no Brasil. A Ilha do Cardoso é uma das sugestões, mas você irá conhecer outras 9 ilhas para a próxima viagem de férias.